Carnaval facilita consumo de álcool e drogas por crianças e adolescentes

Em Minas Gerais, um jovem de 15 anos morreu devido a uma overdose de cocaína

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

O livre consumo de álcool e drogas por crianças e adolescentes no Carnaval acendeu o sinal de alerta.  Em Belo Horizonte, um jovem de 15 anos morreu de overdose por cocaína, segundo a Polícia Militar.  O balanço do órgão aponta que 54% dos acolhimentos feitos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estavam relacionados  a ocorrências  de abuso de bebidas alcoólicas e drogas em foliões de 10 a  14 anos. A sensação do Carnaval deste ano foi a mistura de vodca ou pinga com açúcar, o conhecido “corote” ou “corotino”. A bebida tem 40% de álcool. Ouça, no link acima, o comentário do professor João Paulo Lotufo, o Dr. Bartô.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 2
  •  
  •  
  •  
  •