Cardiopatia congênita engloba grupo com mais de 40 tipos de doenças no coração

Essas doenças acontecem por um problema na formação do coração, que vem desde o nascimento

 15/10/2019 - Publicado há 2 anos  Atualizado: 16/10/2019 as 15:46

Nesta edição do programa, Paulo Henrique Manso, cardiologista, pediatra e professor do Departamento de Puericultura e Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, fala sobre cardiopatia congênita.

Cardiopatia congênita é um problema na formação do coração, que vem desde o nascimento e ocorre por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca. A incidência no mundo todo é de 1%, ou seja, a cada 100 crianças, uma apresenta essa condição. “Ao falar de cardiopatia congênita, não estamos falando de uma doença, e sim de um espectro em mais de 40 tipos de problemas no coração. É um grupo de doenças”, afirma Manso.  

Segundo o professor, ainda não foi possível identificar quais são as causas específicas do problema, o que se sabe é que algumas síndromes como a de Down, por exemplo, aumentam a incidência.  “As chances crescem para 10% se o indivíduo possui alguém na família com o problema.” 

 

Ouça no link acima a íntegra do programa Saúde sem Complicações

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.