Câncer de mama tem 95% de chance de cura quando diagnosticado em fase inicial

José Roberto Filassi diz que são muito importantes o diagnóstico e o tratamento precoce como forma de combate à doença

 Publicado: 16/11/2021
Por
Apesar dos dados alarmantes, o registro de casos é relativamente raro antes dos 35 anos e nem todo tumor é maligno  – Foto: Freepik

O câncer de mama é caracterizado pelo crescimento de células cancerígenas na região da mama. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), é o segundo tumor mais comum entre as mulheres, atrás apenas do câncer de pele, que é o primeiro mais letal. 

O professor livre-docente José Roberto Filassi, chefe do Setor de Mastologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e do Icesp – Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, confirma o grande número de casos todos os anos. As campanhas são importantes, porém, não para reduzir os casos da doença, mas para antecipar os tratamentos e cuidados.

Apesar dos dados alarmantes, o registro de casos é relativamente raro antes dos 35 anos e nem todo tumor é maligno – a maioria dos nódulos detectados na mama é benigna. Além disso, quando diagnosticado e tratado na fase inicial da doença, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. O tipo de tratamento muda conforme o tumor encontrado na biópsia e a idade da paciente. O câncer de mama também acomete homens, porém, é raro, representando entre 1% a 3% do total de casos da doença.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica, a Faculdade de Medicina e o Instituto de Estudos Avançados. No ar, pela Rede USP de Rádio, de segunda a sexta-feira: 1ª edição das 7h30 às 9h, com apresentação de Roxane Ré, e demais edições às 10h45, 14h, 15h e às 16h45. Em Ribeirão Preto, a edição regional vai ao ar das 12 às 12h30, com apresentação de Mel Vieira e Ferraz Junior. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo do Jornal da USP no celular. 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.