“Buraco negro” de laboratório emite radiação prevista por Hawking

Nenhum miniburaco negro foi encontrado ainda na natureza, mas emulação do fenômeno em laboratório teve resultado semelhante ao previsto pelo físico britânico

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Israel publicaram um artigo na revista Nature em que anunciam ter identificado a radiação de Hawking, um fenômeno previsto pelo físico Stephen Hawking. Mas o mais curioso é que eles fizeram isso produzindo em laboratório um sistema análogo a um buraco negro. Os cientistas criaram um sistema chamado de condensado de Bose-Einstein, capturando átomos de rubídio em um feixe de laser.

Nesta edição de Entender Estrelas, João Steiner explica o que é a radiação de Hawking e se esse miniburaco negro de laboratório tem mesmo semelhanças com os buracos negros encontrados no Universo.

Ouça clicando no player acima.


Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia
A coluna Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia, com o professor João Steiner, vai ao ar toda sexta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 217
  •  
  •  
  •  
  •