Brexit: ainda há mais incertezas do que certezas

Já em processo de separação, professora avalia saída do Reino Unido da União Europeia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A pouco mais de um ano e sete meses do prazo final (29 de março de 2019 ) para o Reino Unido deixar a União Europeia, a professora Maria Antonieta Del Tedesco Lins, docente do Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP, comenta sobre as indefinições a respeito dos termos de separação a serem negociados entre o Estado e o bloco.

Além de apontar algumas das razões para a atual situação de impasse, a professora avalia se a saída do Reino Unido da UE – que ficou conhecida como Brexit, pela junção dos termos “british” (britânica) e “exit” (saída) -, de fato, pode trazer os benefícios esperados.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados