Brasileiro pagou mais na conta de luz em 2016

A Aneel admitiu a falha, que fez com que os brasileiros pagassem mais nas contas de luz no ano passado

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Ouça a íntegra da entrevista com o professor Erik Rego, da Escola Politécnica da USP:

logo_radiousp790px00_zero

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) admitiu recentemente que um erro cometido nos cálculos da conta de luz resultou na cobrança de R$ 1,8 bilhão a mais dos consumidores no ano passado. As tarifas incluíram, de forma indevida, o pagamento pela energia da usina nuclear de Angra 3, que deveria ter começado a entrar em operação em Janeiro de 2016. No entanto, as  obras estão paralisadas e não há previsão de quando a usina começará a fornecer energia elétrica.
.

Montagem sobre foto Marcos Santos/USP Imagens
Montagem sobre foto Marcos Santos/USP Imagens

.
A cobrança indevida foi percebida depois de uma ação popular movida pelo presidente do Conselho de Administração do Instituto de Defesa da Cidadania de Formosa (GO), Geraldo Lobo, que entrou na Justiça para questionar a cobrança. Após admitir a falha, a Aneel revelou que o erro foi baseado em informações da Câmara de Comercialização e Energia (CCEE). A agência informou ainda que os valores recolhidos a mais serão devolvidos aos consumidores na forma de reajustes mais baixos nas tarifas de energia elétrica.

A previsão da agência é de que os reajustes nas contas de luz devem ficar até 1,2 pontos percentuais menores para compensar os valores cobrados indevidamente dos usuários. A “trapalhada” foi divulgada em reportagem exclusiva do Jornal Hoje, da TV Globo.

A Rádio USP repercutiu o assunto com  o especialista em energia da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Erik Rego, em entrevista que você pode acompanhar pelo áudio acima.

 

 

 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados