Brasil também apresenta epidemia de obesidade

Pesquisa da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca aponta que 56% da população brasileira tem sobrepeso e quase 20% é obesa

A epidemia de obesidade também está presente no Brasil, com grande impacto negativo sobre a saúde. De acordo com o médico Alexandre Faisal, há diversos fatores que favorecem a obesidade: alimentação não saudável, falta de regras para se alimentar, sedentarismo e o número de horas que o indivíduo passa em frente ao computador e à televisão, que aumenta cada vez mais.

Faisal comenta um estudo nacional conduzido pelo Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, da Fiocruz, no Rio de Janeiro, que avaliou a prevalência dos fatores que favorecem a obesidade na população adulta brasileira. Um dado importante apontado é o fato de que ficar mais de quatro horas assistindo à televisão por dia se associa à obesidade para ambos os sexos: “56% da população brasileira tem sobrepeso e quase 20% é obesa”.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Saúde Feminina. O médico ginecologista Alexandre Faisal conversa com Miriam Ramos.


Saúde Feminina
A coluna Saúde Feminina, com o professor Alexandre Faisal, vai ao ar toda quinta-feira às 10h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •