Brasil registra quase 12% dos casos de hanseníase do mundo

Em 2016, o Ministério da Saúde registrou mais de 25 mil casos no País

Dia Mundial do Combate à Hanseníase, 28 de janeiro
Foto: Ary Portugal/PMSJP via Governo do Brasil

A hanseníase é uma doença infecciosa crônica, que causa, sobretudo, lesões de pele e danos aos nervos. No Brasil, com base em dados de 2016, mais de 25 mil pessoas sofrem com a doença, o que significa quase 12% dos casos ao redor do mundo.  

Para o professor  Marco Andrei Cipriano Frade, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hansenologia, é fundamental o tratamento precoce da doença, que é curável e com baixas possibilidades de óbito.

Janeiro foi escolhido pelo Ministério da Saúde como o mês para simbolizar o combate à doença. No Janeiro Roxo, o tema é “Todos contra a Hanseníase”. No próximo dia 27 de janeiro acontecem, em todo o Brasil, eventos com ações de conscientização sobre a doença.

Ouça a entrevista no link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.