Brasil recebe menos turistas que a Torre Eiffel

O setor carece de pesquisas mais profundas e embasadas no contexto do país

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn11Print this pageEmail

Mariana Aldrigui , pesquisadora na área de Turismo Urbano e Políticas de Turismo e professora no curso de Lazer e Turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP (EACH), dá um panorama dos problemas do turismo brasileiro e de como alguns deles poderiam ser solucionados.

A especialista percebe que o Brasil atrai muito menos turistas do que poderia. Ela aponta que é raro que a pessoa que assuma a pasta de turismo nos governos tenha conhecimento sobre a área. Mariana Aldrigui critica, sobretudo, que se produzam poucas pesquisas aprofundadas e que muitas delas sejam reproduções de estudos internacionais.

A vantagem do setor, em termos de geração de empregos, destaca a pesquisadora, é a pouca necessidade de qualificação em alto nível. A professora também lembra que cada empreendimento turístico se liga a outros, resultando em uma grande abertura de vagas de trabalho.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn11Print this pageEmail

Textos relacionados