Brasil finalmente tem seu próprio satélite de comunicações

O satélite será de uso militar, para vigiar zonas de baixa cobertura, e civil, devendo melhorar o acesso à rede de internet

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Brasil lança satélite geoestacionário que gira na mesma velocidade da Terra, ou seja, fica sempre parado no mesmo lugar. O objetivo é melhorar as comunicações e o acesso à internet, principalmente nas zonas mais remotas do País. O satélite foi lançado na Guiana Francesa, devido à posição estratégica mais favorável por estar na linha do Equador e ao tradicional trânsito de tecnologia com a França.

Parte da banda será para uso militar, justamente para vigiar zonas escuras de fronteiras,  onde o País tem pouca infraestrutura e deficiência na cobertura.

Quanto ao acesso à rede, em alguns lugares deve melhorar. Principalmente em cidades que estão crescendo, como a Região Nordeste, cuja energia eólica vem transformando a realidade da população. Porém, nas grandes metrópoles, tende a não agregar valor a curto prazo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados