Baixa qualidade dificulta perícia, mas não anula áudio de Temer

Parâmetro da perícia oficial é de cerca de 30 dias para finalização da análise

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Segundo o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais e membro da Sociedade Brasileira de Ciência Forense da USP, Marcos de Almeida Camargo, é necessário diferenciar a baixa qualidade do áudio gravado por Joesley Batista   de uma possível manipulação.

Ele explica que peritos capacitados irão analisar a gravação com recursos avançados e que a equipe busca a verdade, doa a quem doer. Camargo diz que a não vinculação dos peritos oficiais com partes do processo garante que a imparcialidade e a verdade irão prevalecer.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados