Aumento de competitividade exige educação e qualificação

Nesta semana, Nakabashi fala sobre inovações tecnológicas no setor industrial

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Na coluna “Reflexão Econômica” desta semana, o professor Luciano Nakabashi fala sobre o desenvolvimento tecnológico na indústria. A chamada indústria 4.0 gerou mudanças tecnológicas durante a quarta Revolução Industrial, com inteligência artificial, internet, tecnologia da informação, nanotecnologia, sensores integrados ao processo produtivo, impressão 3D e biotecnologia. Com essas inovações, as indústrias aumentam a produtividade, reduzem custos e até colocam novos produtos no mercado.

Nakabashi diz que, para aumentar a competitividade do Brasil, muitas questões ainda precisam ser resolvidas. Entre elas, a educação de base e de qualificação, por exemplo, como o ensino médio profissionalizante. “Além do sistema tributário, que deve ser reformado para reduzir a burocracia”, enfatiza. Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Luciano Nakabashi.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados