Aumenta o número de pessoas infectadas por doenças erradicadas

Crianças não são vacinadas por desorganização do sistema, prejudicando mães que precisam justificar ausência em emprego

  • 34
  •  
  •  
  •  
  •  

O professor Paulo Saldiva comenta sobre a preocupação que vem causando a volta de doenças já erradicadas no País, como sarampo, poliomielite entre outras.

O especialista alerta para a desorganização da vacinação uma vez que nas Unidades de Saúde uma criança, para cumprir todo o calendário vacinal, obriga a mãe a ir, na unidade, nove vezes para completar esse calendário. “É bom lembra que as mães de menor renda têm que trabalhar e justificar suas ausências no emprego, ou mesmo o custo do deslocamento pode ser um obstáculo impeditivo para que todo o plantel vacinal seja aplicado.”

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Saúde e Meio Ambiente.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 34
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados