Ataque Isquêmico Transitório é diferente de AVC

A reversão do AIT é rápida e espontânea, diferente do AVC

Nesta semana, o professor Octávio Pontes Neto fala de um problema muito comum e pouco divulgado, o Ataque Isquêmico Transitório (AIT). Este  acontece quando uma artéria que leva sangue ao cérebro é temporariamente entupida por um coágulo, isto é, um trombo.

Segundo Pontes Neto, o AIT é bem semelhante ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), pois o paciente desenvolve os mesmos sintomas: perda de fala, problemas para enxergar, dormência em um dos lados do corpo, entre outros.

O que difere um do outro é que, no caso do AIT, ele se reverte espontaneamente em menos de uma hora. “O desentupimento dessa veia acontece naturalmente, ou seja, o próprio sangue consegue dissolver o coágulo que está entupido. Com isso, o fluxo é restaurado sem atingir nem um tecido cerebral importante” diz Pontes Neto. O professor diz, ainda, que, “se durante os exames de neuroimagens forem encontrados quaisquer traços do ataque, mesmo que sem deixar sequelas aparentes, ele é dado como AVC”.  

O professor cita estudo recém-publicado pela revista The New England of Medicine, que estudou mais de 5 mil pacientes com AIT e constatou que, “durante o estudo, mais de 12% das mortalidades por doença cardiovascular em um período de cinco anos sugere que o AIT não é tão benigno quanto parece”. Ouça acima, na íntegra, o comentário do professor Octávio Pontes Neto.

Por: Thainan Honorato

Textos relacionados