Argentina enfrenta situação difícil e recorre ao FMI

Ajuda embute custos políticos ao resgatar um significado para o povo argentino que retroage aos anos 1990

Especialista em Direito Internacional, o professor Alberto do Amaral Júnior aborda, na coluna Um Olhar sobre o Mundo, o auxílio econômico solicitado pela Argentina ao Fundo Monetário Internacional (FMI). “Do ponto de vista econômico, é uma situação difícil”, enfatiza Amaral.

Os motivos, destaca, passam por crise fiscal, “com grande gasto público, déficit na balança comercial, inflação, que deve chegar neste ano a mais de 20%, além de juros na casa dos 40% e uma crescente desvalorização do peso”.

Textos relacionados