Aplicativo permite que cidadão fiscalize obras e serviços públicos

Especialista explica como funciona o Cidadão Mais Brasil e fala sobre a importância de iniciativas como essa para a transparência do governo

Editorias: Atualidades - URL Curta: jornal.usp.br/?p=284187

O governo federal está divulgando um aplicativo que possibilita ao cidadão ajudar na manutenção dos espaços públicos. Nele é possível fazer denúncias de situações de descaso ou mau uso das verbas do Estado como, por exemplo, buracos que estejam surgindo em alguma rua.

O processo é simples: a pessoa pode fotografar ou fazer um vídeo da situação. Então ela envia o material pelo aplicativo, fazendo a denúncia, que chegará diretamente à ouvidoria da Controladoria Geral da União (CGU), órgão que analisará o caso. Apesar de o governo estimular o cidadão a participar mais da esfera pública, ainda surge a dúvida de se essa participação, de fato, terá algum peso na transformação e melhoria das cidades.

O professor de Direito Administrativo da Faculdade de Direito (FD) da USP, Gustavo Justino de Oliveira, acredita que o cidadão deve, sim, participar da manutenção de suas cidades. Entretanto, ele atenta para o fato de que a fiscalização exercida pela população, em âmbitos sociais, não é a mesma realizada por agentes públicos, pois ela possui impactos legais diferentes.

Oliveira também explica mais sobre o aplicativo e fala sobre sua importância para que as esferas governamentais sejam mais transparentes.

Ouça reportagem no player acima.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.