André Singer faz balanço político do primeiro semestre

Os primeiros 6 meses de 2016 foram muito importantes historicamente por conta do afastamento de um governo constitucional

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ouça a coluna do professor Singer na íntegra:

logo_radiousp

 

20160930_brasilia_colunistas
Foto: Visual Hunt

O professor André Singer considera que o primeiro semestre de 2016 foi um dos mais importantes da história recente brasileira, principalmente pelo fato de um governo constitucional ter sido derrubado. Ele acredita que não existe justificativa legal para o afastamento de Dilma Rousseff e, portanto, entende que o impeachment em curso configura um golpe parlamentar.

Segundo Singer, a substituição de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara dos Deputados mostrou como o processo de afastamento da presidente era guiado por Cunha, que contava com o apoio de diversos parlamentares que, provavelmente, desconheciam as fundamentações jurídicas que embasavam o desligamento de Dilma.

O segundo semestre também será importante, já que no final de agosto o Senado deve confirmar ou não o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Singer acredita que a casa deve referendar a decisão da Câmara e passar definitivamente o poder a Michel Temer.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados