“Anatomia Responde”: O peritônio possui infiltração de células adiposas

Gordura visceral do peritônio representa fonte de energia para o organismo

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Na primeira edição do Anatomia Responde desta semana, o professor Luis Fernando Tirapelli fala sobre uma membrana que envolve praticamente todo o sistema digestório, o peritônio,  tecido localizado internamente na cavidade abdominal e parte da pelve, revestindo e delimitando a chamada cavidade peritoneal. O peritônio possui infiltração de células adiposas, denominada gordura visceral, que representa uma fonte de energia para o organismo, mas quando presente em grande quantidade pode ser notada pela parede abdominal bastante distendida de algumas pessoas.

Tirapelli explica que a relação do peritônio pode ser diferente com cada órgão. Alguns são totalmente revestidos pelo peritônio, outros são parcialmente envolvidos. Segundo o professor, quando se realiza uma cirurgia para ressecção ou retirada do apêndice vermiforme, por exemplo, o cirurgião sempre toma muito cuidado em evitar a contaminação do peritônio pelas fezes, “o que poderia provocar uma infecção deste tecido, a denominada peritonite, que pode ser muito grave”.

O boletim Anatomia Responde é produzido pelo professor Luis Fernando Tirapelli da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e pode ser conferido na íntegra no áudio acima.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados