Almanaque revela locais de ensino que ficam fora da escola

Projeto da FFCLRP estimula professores a ensinarem suas matérias em lugares públicos de Ribeirão Preto e região

  • 54
  •  
  •  
  •  
  •  

O cemitério como sala de aula, por exemplo. Esse e outros espaços institucionalizados de Ribeirão Preto e de cidades da região foram identificados com grande potencial de oferecer aprendizado fora da escola.

Todos esses locais foram catalogados e serão lançados no Almanaque de Espaços Não Formais de Ensino da Região de Ribeirão Preto, que será impresso e distribuído para professores das escolas públicas municipais e estaduais.

O trabalho foi feito por especialistas em educação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP. A professora Andrea Lastoria é uma das coordenadoras do projeto. Ela explica como surgiu a ideia do almanaque e o que são espaços não formais de ensino. 

O lançamento do almanaque vai ser nesta quinta-feira, dia 21, e terá também versão on-line para baixar gratuitamente.

Ouça a entrevista no link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 54
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados