Agonia de Temer mantém o País na expectativa

Para o cientista político André Singer, as acusações contra Temer são graves, mas não garantem que será processado

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O País vive um clima de expectativa em relação à posição da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara quanto à aceitação ou não da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer. Ao que tudo indica, há um equilíbrio entre os pareceres favoráveis e desfavoráveis a um possível licenciamento do presidente da República, para que um processo contra ele possa ser instaurado pelo STF.

Para o cientista político André Singer, as denúncias são graves e têm algum grau de materialidade, mas isso não quer dizer que Temer vá ser processado. Não há prova concreta de que o chefe da nação efetivamente recebeu o dinheiro pelo qual é investigado. De todo modo, e apesar da gravidade das acusações, o presidente tem algum apoio na Câmara e no Congresso.

Singer também chama a atenção para o fato de que não há alternativa política, caso o presidente seja realmente afastado. Segundo o colunista, as forças políticas estão desgastadas por causa da Operação Lava Jato. A melhor opção seria a realização de eleições diretas, mas, pelo menos no momento, não existe qualquer perspectiva nesse sentido.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados