Acordo entre União Europeia e Japão deixa Brasil em desigualdade de competição

Alberto do Amaral Junior destaca que o “mundo hoje consiste na formação de cadeias globais de valor”

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Assinado no último dia 17 de julho, o acordo comercial entre União Europeia (UE) e Japão criará um dos maiores blocos comerciais do mundo.

Segundo o professor Alberto do Amaral Júnior, da Faculdade de Direito da USP, até o ano que vem “cerca de 99% do comércio entre UE e Japão deverá estar completamente liberalizado”.

A medida, analisa Amaral, “contraria a tendência dominante praticada por Donald Trump de privilegiar o protecionismo como uma arma para a competitividade das empresas americanas”. Já para o Brasil, a previsão é de “malefício para indústrias, agronegócio e exportações em geral”, observa.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Um Olhar sobre o Mundo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados