Acordo entre Mercosul e União Europeia é um marco na história

Um dos papéis do Brasil é rever toda a estratégia da indústria brasileira para que ela seja mais competitiva

Rubens Barbosa analisa nesta edição o acordo entre o Mercosul e a União Europeia. Segundo Barbosa, depois de 20 anos, o acordo assinado é amplo e inclui produtos industriais, agrícolas, de serviços e investimentos.

Para o embaixador, o mais importante é o fim do isolamento das negociações comerciais. “Esse acordo abre o mercado europeu para os produtos brasileiros e vice-versa. A redução gradual das tarifas até zero vai levar uns 10 a 15 anos. É muito positivo para o ambiente de negócios e exportações brasileiras”, analisa.

“A contrapartida é que o Brasil precisa eliminar o custo dos produtos com as reformas da Previdência e tributária, diminuir a burocracia, diminuir a interferência do Estado, diminuir a logística”, observa o professor. “O acordo reforça o princípio da abertura da economia. Essa resolução vai na contramão da tendência de alguns países de aumentar o protecionismo e de guerra comercial, como os Estados Unidos e a China, por exemplo.”

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •