Ações sociais ajudam a abandonar vícios

Pessoas que estavam “perdidas no álcool e nas drogas” superam dependência com iniciativas não governamentais

O médico João Paulo Lotufo elogia projetos e trabalhos sociais que ajudam pessoas a abandonarem vícios e a vida nas ruas. Muitos desses “ex-drogados” dão testemunhos nos projetos coordenados por religiosos e organizações não governamentais.

“É impressionante ver esse pessoal recuperado”, diz Lotufo. “Resgatar esse pessoal da rua é fundamental.”

“Precisamos fazer a prevenção das drogas, educar a sociedade, conversar sobre os riscos do uso da droga”, reforça o ativista.

Textos relacionados