Acidentes de trânsito causados por uso de celular elevam punições

Luciano Nakabashi conta que, quanto maior a punição, maior a chance de as pessoas se enquadrarem às normas

Nesta edição da coluna Reflexão Econômica, o professor Luciano Nakabashi comenta as estatísticas sobre acidentes de trânsito causados pelo uso de celular ao dirigir, as políticas de segurança e punição que estão sendo implantadas na França e seus possíveis desdobramentos no Brasil.

De acordo com o professor Nakabashi, “estatísticas de trânsito revelaram que 15% dos acidentes fatais foram provocados pelo uso de celular ao dirigir”. E foi com base em números que a França decidiu aumentar as punições para quem é pego conduzindo veículos e utilizando celular. Os motoristas flagrados cometendo o ato infracional terão a suspensão da habilitação. 

Nakabashi conta que, “quando há uma punição maior, as pessoas tendem a se enquadrar às normas, a fim de não sofrerem perdas econômicas ou de bens”. O professor critica ainda a postura do Brasil, que “procura ‘afrouxar’ as punições e os meios de fiscalização, como a ideia que visa a retirar parte do número de radares nas vias”. 

Na questão do trânsito, “não se trata apenas de estabelecer punições para impedir atos infracionais, mas sim de tentar mudar uma cultura, para que as pessoas passem a pensar umas nas outras, evitando que motoristas dirijam bêbados, estacionem em vagas de deficientes, entre outros problemas”, finaliza Nakabashi.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Reflexão Econômica.


Reflexão Econômica
A coluna Reflexão Econômica, com o professor Luciano Nakabashi, vai ao ar toda quarta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •