A produção do audiovisual e sua interação com a cultura e a educação

O tema é discutido nesta edição do “Diversidade em Ciência” pelo cineasta Dostoiewski Mariatt de Oliveira

  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta edição do Diversidade em Ciência, o professor Ricardo Alexino Ferreira entrevista Dostoiewski Champangnatte Mariatt de Oliveira, pós-doutor em Comunicação Social e doutor em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com a pesquisa A Escola e o Professor no Cinema Brasileiro Contemporâneo: Discursos e hegemonia a partir dos conceitos da indústria cultural. Ele fala principalmente sobre o cinema como processo educomunicativo e sobre leis do audiovisual. “O cinema oferece inúmeras possibilidades de construções críticas das realidades dentro e fora da sala de aula e é um eficiente instrumento educativo”, afirma.

Dostoiewski Champangnatte Mariatt de Oliveira – Foto:Ricardo Alexino Ferreira

Além de cineasta, roteirista e produtor executivo de filmes independentes, Mariatt de Oliveira pesquisa as relações entre o audiovisual e a educação. Entre os seus mais recentes trabalhos está o roteiro do docudrama Rogéria, senhor Astolfo Barroso Pinto, que aborda a vida da travesti Rogéria. Também é autor de Jorginho Guinle: só se vive uma vez, a ser lançado no próximo dia 28 de março, que conta a história do playboy Jorginho Guinle.

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências da diversidade e os direitos humanos. Vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentação às terças-feiras, à 2h, e aos sábados, às 14h. É dirigido e apresentado pelo jornalista, professor da USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP, Ricardo Alexino Ferreira, com operação de áudio de João Carlos Megale.

O Diversidade em Ciência é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

A Rádio USP FM pode ser sintonizada em 93,7 ou pelo link: http://www.radio.usp,br/?page id=5404.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados