A onipresente cultura afro no imaginário brasileiro

Os arquétipos africanos estão presentes no imaginário brasileiro e não há como negá-los

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Danse de la Guerre, de 1835 - Ilustração: Johann Moritz Rugendas
Danse de la Guerre, de 1835 – Ilustração: Johann Moritz Rugendas via Wikipédia Commons

A obrigatoriedade do ensino da história da África e das culturas afro- brasileiras passa pela constatação de que as culturas africanas e afro-brasileiras são essenciais em vários aspectos e estão presentes em nosso dia a dia. Esses elementos também estão na nossa psique – aquilo que o psicólogo Carl Gustav Jung chama de “inconsciente coletivo”. Dessa forma, a nossa visão de mundo como brasileiros passaria por elementos africanos essenciais, como diz o professor Ricardo Alexino Ferreira em sua coluna semanal para a Rádio USP.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados