A importância do ajuste fiscal no atual contexto econômico

O professor Alex Ferreira defende um conjunto de medidas capazes de promover um cenário de estabilidade

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Divulgação

Em sua coluna semanal, o professor Alex Ferreira (FEA-RP) analisa a questão do ajuste fiscal na atual conjuntura econômica do País. Ele defende a adoção de um conjunto de medidas que sejam capazes de revelar um cenário crível de estabilidade de médio prazo ou mesmo de reversão da trajetória de crescimento da dívida bruta do governo.

De acordo com o colunista da Rádio USP, o cenário de retomada implica em riscos de inflação, que já está alta em relação à meta e em relação ao estágio do ciclo, que é o de uma recessão brutal. Para restaurar as expectativas dos agentes no centro da meta e a confiança na estabilidade macroeconômica, é fundamental – diz ele – “que seja dado um sinal crível de mudanças, através da aprovação de medidas que promovam o equilíbrio fiscal”.

Na opinião dele, isso é importante para o investimento privado, crescimento e até mesmo para recuperar a capacidade de investimento público. “A macroeconomia, hoje”, diz Ferreira, ” exige um pouco de malabarismo e destreza. Sorte também nos ajudaria”.

O professor Alex Ferreira também aborda o efeito dessas mudanças sobre a economia e o crescimento econômico e lembra quão importante é a questão do apoio político na aprovação dessas medidas e no que implicariam para a confiança e o reequilíbrio fiscal.

.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados