outubro 2017

Sensor de papel facilita análise forense em campo

Químico da USP desenvolve sensores eletroquímicos e colorimétricos em papel para análise de três diferentes tipos de amostras: explosivos, adulterantes de drogas e de leite. O objetivo foi auxiliar a polícia a fazer detecções rápidas e fáceis, em campo.

Sensor de papel facilita análise forense em campo

Químico da USP desenvolve sensores eletroquímicos e colorimétricos em papel para análise de três diferentes tipos de amostras: explosivos, adulterantes de drogas e de leite. O objetivo foi auxiliar a polícia a fazer detecções rápidas e fáceis, em campo.

ACONTECE NA USP

ARTIGOS

Carta ao governador de São Paulo

Por José Eduardo Krieger, professor titular da Faculdade de Medicina da USP e diretor do Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular do Instituto do Coração (Incor) do Hospital da Clínicas (HC-FMUSP)

Carta ao governador de São Paulo

Por José Eduardo Krieger, professor titular da Faculdade de Medicina da USP e diretor do Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular do Instituto do Coração (Incor) do Hospital da Clínicas (HC-FMUSP)

ÚLTIMOS PODCASTS