USP em São Carlos realiza maratona de desenvolvimento de games

A Livre Game Jam será realizada na USP, em São Carlos, e na Unicamp, em Campinas

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Evento será realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP – Imagem: Divulgação

Você quer colocar a sua criatividade à prova? Que tal desenvolver um game em apenas 48 horas, estabelecer contatos com outros programadores, artistas, músicos, sonoplastas e entusiastas da área e colocar a mão na massa usando apenas softwares livres? Então não deixe de se inscrever na Livre Game Jam, uma maratona de desenvolvimento de jogos que ocorrerá de 20 a 22 de outubro, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.

O objetivo do evento é incentivar a produção e o desenvolvimento de jogos e a disseminação da cultura de softwares livres, para todo tipo de profissional ou para quem realiza a atividade por hobby. Por isso, a iniciativa é aberta à comunidade, totalmente gratuita e é direcionada tanto para pessoas interessadas em desenvolver jogos eletrônicos quanto analógicos (como jogos de tabuleiro ou cartas).

As únicas regras são seguir os temas apresentados na abertura da Livre Game Jam e tentar utilizar o maior número de softwares ou recursos livres durante o desenvolvimento dos jogos. As inscrições para participar do evento em São Carlos podem ser realizadas neste formulário.

No ICMC, o evento começará a partir das 20 horas do dia 20 de outubro, sexta-feira, no auditório Luiz Antonio Favaro (sala 4-111, no bloco 4) e vai se estender por todo o fim de semana, em várias salas do bloco 3 do instituto. Em São Carlos, a iniciativa é organizada pelo grupo de extensão Fellowship of the Game (FoG) e pelo grupo de software e cultura livre sancaLUGsendo fruto de uma parceria com os grupos Gamux e LivreCamp, de Campinas, que realizarão a maratona no Instituto de Computação da Unicamp.

Estudantes correm contra o tempo durante maratona de desenvolvimento de jogos realizada no ICMC em janeiro deste ano – Foto: Reinaldo Mizutani

“Uma game jam é o ambiente ideal para mentes criativas que querem projetar, criar e desenvolver algo interessante, diferente e inovador, desde o conceito do game até o que se consegue fazer depois de 48 horas”, conta Gabriel Toschi, coordenador de Relações Públicas do FoG. “Participar de um evento como esse é uma experiência muito legal e quase obrigatória para qualquer um que goste de criatividade e solução de problemas”, completa.

Novas ferramentas

Para motivar a participação na Livre Game Jam, nas semanas que antecedem a maratona, o FoG organizará workshops apresentando ferramentas de código aberto usadas no desenvolvimento de jogos. Todos serão ministrados por membros do grupo e acontecerão das 19 às 21 horas no auditório Prof. Fernão Stella de Rodrigues Germano do ICMC (sala 6-001, no bloco 6). Os workshops são gratuitos e abertos ao público, mesmo para aqueles que não poderão participar da Livre Game Jam. Além disso, haverá transmissão ao vivo e os workshops ficarão gravados posteriormente no canal do FoG no YouTube.

No dia 10 de outubro, a artista Anayã Ferreira apresentará o Krita, software livre para a produção de arte digital. No dia 16 de outubro, o programador Gil Barbosa Reis mostrará um pouco mais sobre a Godot, ferramenta de fácil aprendizagem para o desenvolvimento de jogos digitais. No dia seguinte, 17 de outubro, será a vez de aprender um pouco mais sobre o framework LÖVE, que dá suporte aos desenvolvedores que desejam criar seu jogo na linguagem Lua. Mais informações sobre esses workshops podem ser encontradas no site do evento.

Assessoria de Comunicação do ICMC, com informações do FoG

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados