Servidores da USP podem participar de pesquisa sobre saúde mental

Interessados devem responder questionário on-line; estudo é sobre adoecimentos por transtornos mentais

Por - Editorias: Universidade
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
Faltas no trabalho de funcionários da USP são foco de pesquisa de mestranda – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Um estudo quer analisar a relação dos afastamentos por transtornos mentais e situações de conflito no ambiente de trabalho na USP. A proposta é também investigar as formas de organização e gestão desses locais.

Servidores não docentes que desejarem contribuir como voluntários podem acessar este link e preencher o formulário.

Orientada pelo professor Carlos Botazzo, a pesquisa é desenvolvida por Ariana Celis, aluna do Mestrado Profissional Interunidades em Formação Interdisciplinar em Saúde da USP.

O objetivo é compreender melhor os índices de absenteísmo-doença (falta do trabalhador por atestado ou licença-saúde) da Universidade e propor formas de melhorar a organização relacionada a esses ambientes.

Mais informações: e-mail arianacl@hotmail.com

 

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados