Projeto incentiva jovens a planejar futuro a partir da educação

Iniciativa da Escola Politécnica vai a escolas da rede pública para motivar jovens a desenvolver seu potencial

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
O projeto atende alunos no último ano do ensino médio de escolas públicas – Foto: Divulgação

.
De acordo com o
Censo Escolar de 2016, apenas 12,5% dos alunos matriculados no ensino médio no Brasil cursam a rede privada. No entanto, quando analisamos os ingressantes da USP no vestibular de 2016, o número de estudantes vindos de escolas privadas salta para aproximadamente 65,4%.

Para tentar mudar esse quadro e contribuir na formação dos jovens da rede pública, alunos do PET-Mecânica da Escola Politécnica (Poli) da USP criaram o projeto Fala Sério. Atendendo estudantes do terceiro ano do ensino médio, o Fala Sério realiza encontros nas escolas para desenvolver o potencial desses jovens e mostrar a importância da educação na sua formação.

Diego Nazaré, um dos integrantes do projeto, explica que são realizados dois encontros em cada escola. “No primeiro, buscamos conhecer melhor cada um dos alunos, ver as semelhanças e diferenças entre eles e o que cada um deseja para o futuro”. No final de abril, em uma escola na Vila Sônia, por exemplo, os integrantes do projeto identificaram que os temas planejamento, motivação para estudar e empreendedorismo estão entre os assuntos que mais despertam o interesse dos alunos. Notaram, também, que as profissões desejadas são bastante variadas e incluem até algumas incomuns, como cantor e cabeleireiro.

“No segundo encontro, feito geralmente uma semana depois, trabalhamos com as necessidades particulares, levando informações, realizando atividades motivacionais e apresentando alguns caminhos para atingir o objetivo que eles almejam”, completa Diego. O retorno aos alunos é individual: cada um recebe um material explicativo com dicas e informações focadas nas questões que mais lhe chamam a atenção.

 

Em 2016, quase 200 alunos de escolas públicas foram atendidos pelo Fala Sério – Foto: Divulgação

 

O grupo tenta voltar nas escolas todos os anos para conversar com novos alunos e mantém canais de comunicação abertos com as pessoas atendidas, para esclarecer eventuais dúvidas.

A iniciativa foi originada do Projeto Escolas, também criado na Poli, que tinha o objetivo de estimular o ingresso de alunos de escolas públicas no ensino superior público. O Projeto Escolas fazia apresentações expositivas para os estudantes, mostrando vantagens e formas de ingressar na Universidade. O Fala Sério mudou a abordagem utilizada, ouvindo os sonhos dos próprios alunos.

“Agora, procuramos motivá-los a buscar aquilo em que eles mostram interesse, seja faculdade, ensino técnico, mercado de trabalho, ou o que quer que seja, destacando sempre o valor da educação na formação do futuro”, explica Diego.

Atualmente, o projeto conta com oito membros fixos e recebe a participação de voluntários para a realização dos encontros. No ano passado, eles atenderam quase 200 alunos. Agora, o grupo busca ampliar a sua esfera de ação, buscando novos colaboradores para atingir o maior número possível de escolas e de alunos. Para ajudar, é necessário ter finalizado o ensino médio, além de apresentar dedicação e compromisso.

Para entrar em contato, é só mandar uma mensagem na página no facebook ou um e-mail para iniciativafalaserio@gmail.com.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados