Pesquisador do MIT falará sobre as origens da linguagem humana na USP

No dia 20 de outubro será realizada a segunda edição do USP Lectures, com o palestrante Shigeru Miyagawa, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Entre 100 e 50 mil anos atras, a espécie humana adquiriu a capacidade de expressar ideias e conceitos através de palavras – Foto: Neanderthal Museum
Entre 100 e 50 mil anos atrás, a espécie humana adquiriu a capacidade de expressar ideias e conceitos através de palavras – Foto: Neanderthal Museum

.
No dia 20 de outubro será realizada a segunda edição do USP Lectures, com o palestrante Shigeru Miyagawa, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, e da Universidade de Tóquio, no Japão.

Professor de Linguística e de Língua e Cultura Japonesas e especialista em educação a distância, Miyagawa falará sobre seus últimos trabalhos. O pesquisador desenvolveu uma teoria da evolução da linguagem que levanta a hipótese de que ela surgiu a partir da integração de dois sistemas preexistentes na natureza: um visto no canto dos pássaros e o outro em gritos de alarme dos primatas.

Foto: Ellen Sebring via Site Shigeru Miyagawa
Shigeru Miyagawa – Foto: Ellen Sebring via Site Shigeru Miyagawa

Sua teoria já influenciou, inclusive, um estudo desenvolvido na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Leia mais em Estudo busca entender como as palavras emergiram na evolução humana.

O USP Lectures é organizado pela Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) da USP. O evento com Shigeru Miyagawa será das 9 horas às 9h30. A atividade integra a programação da 24ª edição do Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (Siicusp).

O local é o Centro de Difusão Internacional da USP, que fica na Av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, s/nº – Travessa 4 – 1º andar, Cidade Universitária, São Paulo. A apresentação será em inglês e não haverá tradução. A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.

Com informações da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados