Pesquisa recruta pacientes com herpes para tratamento a laser

Objetivo é que eles não tenham mais herpes labial ou que diminua a frequência, tamanho e tempo de cicatrização

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Laboratório Especial de Laser em Odontologia (Lelo) – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.
Um estudo da Faculdade de Odontologia (FO) da USP está recrutando pacientes acima de 18 anos que possuam herpes labial para testar um tratamento preventivo com laser.

A expectativa é que o tratamento faça com que os pacientes não tenham mais herpes labial ou que diminua significativamente a frequência, tamanho e tempo de cicatrização das lesões.

Foto: Simone Petralia via Visual Hunt / cc by nc sa

Para participar, não é necessário estar com lesões causadas pela herpes labial no início do tratamento, mas é preciso ter, no mínimo, três manifestações por ano. O tratamento é gratuito e será realizado no Laboratório Especial de Laser em Odontologia, na própria FO, localizada na Av. Professor Lineu Prestes, 2.227, Cidade Universitária, São Paulo.

A pesquisa é desenvolvida pela estudante Paola Aragon Zanella, bolsista de iniciação científica da Fapesp.

Para se inscrever, o paciente deve agendar uma consulta pelos números (11) 3091 – 7645 ou (11) 3091 – 8455.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados