Laboratório na USP realiza capacitação tecnológica de startups

Nove empresas passaram por 17 semanas de atividades presenciais, treinamentos e mentoria

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Foto: Divulgação
Treinamento capacitou nove equipes com negócios em estágio inicial – Foto: Divulgação

.

O Samsung Ocean USP, parceria entre a Escola Politécnica (Poli) da USP e a Samsung, concluiu a quinta edição do programa de pré-aceleração de startups, chamado Incentivo ao Empreendedorismo em Ambiente de Tecnologias Digitais Móveis, ou Intensivo #5, que teve duração de 17 semanas e capacitou nove equipes com negócios em estágio inicial.

Durante esse período, o programa ofereceu atividades presenciais de segunda a quinta-feira, quando as empresas passaram por treinamentos e mentorias em negócios, tecnologia e experiência do usuário (UX), assim como assistiram a palestras sobre marketing, gestão de equipe e investimentos ministradas por professores da USP, funcionários da Samsung e parceiros. Agora, ao final do ciclo de pré-aceleração, a própria Poli passa a emitir um certificado válido como curso de atualização aos participantes, novidade trazida nesta edição do programa.

“O Intensivo #5 vai ao encontro dos objetivos da Samsung, que estabeleceu a parceria com a USP justamente para estar mais próxima à comunidade acadêmica e fomentar o surgimento de tendências que possam ter impacto no mercado consumidor nos próximos anos”, explica Guilherme Selber, gerente de Inovação da Samsung América Latina. “Mais uma edição foi concluída e, desta vez, bastante fortalecida pela parceria com a Poli. Agora contamos, inclusive, com certificação emitida pela Universidade”.

Davi Nakano, professor do Departamento de Engenharia de Produção da Poli e um dos coordenadores do Samsung Ocean USP, celebra a conclusão da recente edição do programa: “Realizar e concluir um ciclo de pré-aceleração de startups em um espaço próprio é a prova de que estamos conseguindo oferecer uma plataforma que agrega competências, pessoas e projetos, nos mantendo sempre abertos à comunidade”.

Realizar e concluir um ciclo de pré-aceleração de startups em um espaço próprio é a prova de que estamos conseguindo oferecer uma plataforma que agrega competências, pessoas e projetos, nos mantendo sempre abertos à comunidade

Entre as empresas pré-aceleradas estão a Area25, voltada para pesquisa de mercado em tempo real e treinamento automatizado de vendedores; a FoodFinder, que tem como foco o mercado de alimentos com validade próxima da data de vencimento; e a Kognati, que propõe uma solução em realidade aumentada para educação na área de engenharia.

2017 01 27 samsung ocean
Laboratório Samsung Ocean USP oferece infraestrutura e capacitação tecnológica a diversos públicos: estudantes, desenvolvedores e interessados em geral – Foto: Samsung Ocean USP

“Nossa empresa começou quase simultaneamente ao intensivo e sentimos que avançamos dois anos durante o período do programa. Tivemos contato com pessoas que são referência no mercado e nos ensinaram muito da visão do cliente. A cultura de startups é completamente nova e diferente de tudo o que aprendemos na faculdade de Engenharia, pois éramos muito focados no produto”, explica Bruno Caldas, co-fundador da Kognati.

Para Caio Martins, cofundador da Dubbi, que oferece novas experiências de viagem em finais de semana sem a necessidade de planejamento, o programa de pré-aceleração foi bem intenso e valeu a pena. “A equipe ficou muito mais motivada com o produto e conseguimos ajustar pontos que ainda estavam indefinidos. Já tínhamos participado de outros processos de aceleração, mas esse foi diferente por conta da expertise da Samsung, dos professores e palestrantes envolvidos”, ressalta.

Em 2016, além da inauguração dentro do campus da Poli em abril, o Samsung Ocean somou, no Brasil, mais de 500 capacitações e workshops, totalizando mais de 2 mil horas e 10 mil treinandos. “Este foi um ano muito especial para nós no Samsung Ocean. A parceria com a USP, o estreitamento da proximidade e a vivência dentro dos ambientes acadêmicos, as premiações recebidas na unidade do Ocean-UEA em Manaus e, principalmente, todas as pessoas que estiveram conosco nos dão a certeza de que seguimos no caminho certo para concretizarmos nossa visão de melhorar a vida das pessoas e oferecer possibilidades, por meio da tecnologia, promovendo o crescimento mútuo”, analisa Eduardo Conejo, gerente de Inovação da Samsung América Latina. “E podemos esperar mais em 2017. Estamos preparando uma agenda, que já se inicia em janeiro, com um novo treinamento em desenvolvimento de soluções de Realidade Virtual, e ao longo do ano anunciaremos outras novidades que continuarão a contribuir com o cenário de inovação e economia criativa nacional”, conclui.

Da Assessoria de imprensa do Samsung Ocean USP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados