Curso de Informática Biomédica trabalha computação com foco em saúde

A área é responsável por pesquisar e desenvolver sistemas computacionais voltados às aplicações em biociências, principalmente medicina e biologia

Por - Editorias: Ingresso
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Se você, vestibulando, gosta de informática e suas inovações, principalmente na área da tecnologia em saúde, pode optar pelo curso de Informática Biomédica no campus da USP em Ribeirão Preto no vestibular Fuvest 2017. As inscrições vão até 8 de setembro e devem ser feitas no site.

São 40 vagas disponíveis no curso que, assim como todos os outros oferecidos pela USP, é gratuito. A relação candidato/vaga é de 3,33.

A Informática Biomédica é a área responsável por pesquisar e desenvolver sistemas computacionais voltados às aplicações em biociências, principalmente medicina e biologia.  Está estruturada em três frentes: Bioinformática, Sinais e Imagens Médicas e Sistemas de Informação e Gestão em Saúde.

06a

A primeira frente modela e simula problemas biológicos que necessitam utilizar muitos dados, como, por exemplo, análise de expressão gênica e análise filogenética. A segunda frente desenvolve sistemas de apoio à decisão médica, ou seja, auxilia os médicos a decidirem qual o melhor tratamento ou a otimizá-lo, por meio de técnicas que contenham informações anatômicas ou funcionais, como a radiologia, ultrassonografia, entre outros. E a última, desenvolve sistemas voltados à organização, gerenciamento e representação de dados clínicos e, também, à serviços de informação hospitalar, serviços de saúde, entre outros.

O curso, que possui nota máxima no Guia do Estudante da Editora Abril, tem duração de quatro anos e é interdisciplinar, faz parte do Departamento de Computação e Matemática (DCM) da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) e também da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), ambas da USP.

De acordo com o professor Luiz Otavio Murta Junior da FFCLRP, o fato do curso de informática biomédica agregar duas disciplinas distintas, computação e medicina, “coloca em evidência a capacidade criativa, e de superação dos problemas propostos. O profissional de informática biomédica bem formado em um ambiente verdadeiramente multidisciplinar tem sido reconhecido e valorizado por estas habilidades”.

Além da USP, no Brasil existem duas outras universidades que oferecem o curso de Informática Biomédica, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, mais recentemente, a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). “Apesar da matriz curricular ser bem parecida com a nossa, o curso da UFPR tem viés mais técnico por ser conduzido pelo Centro Politécnico. Já o curso da UFCSPA possui viés mais voltado às ciências biológicas e da saúde. O diferencial do curso da USP de Ribeirão Preto é a imersão do estudante em um ambiente verdadeiramente interdisciplinar, deixando-o completo para o mercado”, afirma Murta Junior.

A Informática Biomédica da USP tem parceria com o Hospital das Clínicas da FMRP (HCFMRP) e com o Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto.

Mercado de trabalho

Segundo o professor Murta Junior, o mercado de trabalho para profissionais de tecnologia da informação (TI) está em alta e tem demonstrado superar crises. “Em especial, o mercado para o profissional de informática biomédica tem crescido nos últimos anos com a crescente demanda por informatização da área de saúde no Brasil, tanto no setor público como privado, em todas as suas complexas peculiaridades”, afirma.

Um exemplo de sucesso na área é a empresa KidopiSoluções em Informática Médica, fundada e formada por ex-estudantes do curso de Informática Biomédica da USP. “A empresa foi vencedora do concurso World Summit Award da Organização das Nações Unidas (ONU) com o sistema HealthBI, que oferece a gestores hospitalares o acesso, em tempo real, a indicadores e ferramentas de gestão inteligente”, comemora o professor.

Gabriela Vilas Boas / Serviço de Comunicação Social da PUSP-RP

Mais Informações: (16) 3315.0562

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados