Curso de Audiovisual suspende prova de habilidade e adere ao Sisu

Fim da avaliação permitirá que curso ofereça vagas específicas para pretos, pardos e indígenas

Por - Editorias: Ingresso
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn94Print this pageEmail

Atualizado em 5 de junho de 2017, às 15h10

Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP tem ainda outros três cursos que exigem provas de habilidades específicas – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Conselho do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), responsável pelo Curso Superior do Audiovisual da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP aprovou, no dia 30 de maio, a suspensão da prova de habilidade específica em seu processo seletivo.

Na mesma ocasião, os conselheiros decidiram também a adesão do curso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza como critério a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), oferecendo vagas para pretos, pardos e indígenas e alunos de escolas públicas. Serão destinadas, ao todo, 11 vagas ao processo.

A decisão do Conselho do CTR ainda deverá ser aprovada pela Congregação da ECA e depois pelo Conselho Universitário (Co) da USP. A próxima reunião do Co para definir a quantidade de vagas destinada pelas unidades de ensino da USP para o Sisu e a Fuvest está agendada para o dia 27 de junho.

Segundo portaria normativa do Sisu, “não poderão ser oferecidas por meio do Sisu vagas em cursos que exijam teste de habilidade específica e na modalidade de ensino a distância (EAD)”, já que o Enem não realiza esse tipo de avaliação. Esse era o caso do Curso Superior do Audiovisual.

O curso objetiva formar profissionais em estudos teóricos e práticos para os setores de produção audiovisual, tanto nos gêneros de ficção quanto nos de não-ficção. Incluem-se as atividades de direção, roteirização, fotografia, sonorização, montagem e edição de filmes e vídeos, assim como redação, produção e edição de programas de rádio e televisão em estúdio.

A ECA no Sisu

Além do Audiovisual, outros sete cursos da Escola de Comunicações e Artes participam do Sisu: Licenciatura em Educomunicação, Biblioteconomia, Jornalismo, Editoração, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Turismo:

A unidade, no entanto, possui ainda três outros cursos que exigem a realização de provas de habilidades específicas, e por isso não podem aderir ao processo: Artes Cênicas, Artes Visuais e Música. A seleção de estudantes, neste caso, ocorre apenas pelo vestibular da Fuvest. Para o processo seletivo deste ano, os departamentos responsáveis por essas carreiras optaram por estabelecer um bonificação a ser incluída nas notas das provas específicas, de acordo com os moldes aplicados pela Fuvest com o sistema Inclusp. Leia mais na reportagem.

Arquitetura e Design

No final do ano passado, os cursos de Arquitetura e Design da USP, oferecidos pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e pelo Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU), também suspenderam a aplicação da prova de habilidade específica.

A decisão ocorreu para que as unidades pudessem aderir ao Sisu.

Com informações do Centro Acadêmico Lupe Cotrim e da ECA

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn94Print this pageEmail

Textos relacionados