Guia bibliográfico indica leituras fundamentais na área de Humanas

Atualmente, o guia tem 47 textos de colaborações dos professores da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Outros textos serão incorporados futuramente

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

20160922_01_Biblioteca

Está disponível para consulta o Guia Bibliográfico da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, com o objetivo de possibilitar aos estudantes uma orientação quanto a leituras fundamentais para sua formação, não apenas em sua área de concentração, mas também em áreas afins, estimulando um exercício de interdisciplinaridade.

O guia foi idealizado pela direção da faculdade, coordenado pelo professor e atual vice-diretor, João Roberto Faria, e disponibilizado no site pelo Serviço de Comunicação Social da FFLCH. Segundo Faria, o projeto surgiu em uma conversa entre ele e o diretor da unidade, Sergio Adorno, na qual se lembraram de um livro publicado na França há vários anos, intitulado A Biblioteca Ideal, o qual parte da proposta de que um determinado assunto pode ser conhecido pela leitura de dez, 20, 30 ou 50 livros.

Para estabelecer o modelo do Guia Bibliográfico, Faria e Adorno fizeram uma releitura do texto Dez livros para conhecer o Brasil, do professor emérito da FFLCH, Antonio Candido, publicado na edição 41 da Revista Teoria e Debate da unidade. “Pensamos que, por exemplo, um estudante de Letras pode buscar no Guia Bibliográfico orientações de leituras sobre o golpe militar de 1964 para estudar as consequências do autoritarismo e da censura sobre a nossa produção literária do período”, explica Faria.

Acesso público

O professor Antonio Candido, cujo texto foi utilizado como modelo do guia e no qual também sua obra teórica e crítica consta como um assunto a ser pesquisado | Foto: Marcos Santos/USP Imagens
O professor Antonio Candido, cujo texto foi utilizado como modelo do guia e no qual também sua obra teórica e crítica consta como um assunto a ser pesquisado | Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Para a composição dos textos foi feito um convite, com explicações sobre os propósitos do guia, para todos os professores da faculdade escreverem um texto de orientação bibliográfica sobre suas especialidades, para auxiliar os alunos de graduação a iniciar, por conta própria, o estudo de um assunto. Atualmente, o guia tem 47 textos de colaborações dos docentes da FFLCH, com 38 de professores da Letras, oito de História, um de Geografia, um de Antropologia e um de Filosofia. Outros textos serão incorporados futuramente, já que não há um prazo final para a inclusão dos textos.

O vice-diretor ressalta, também, que a iniciativa não é só destinada aos alunos da FFLCH. “A ideia de disponibilizar o guia na página da faculdade significa também universalizar o seu alcance, fazendo chegar a um incontável número de estudantes de outras faculdades o conhecimento que produzimos aqui, numa universidade pública, financiada pelos impostos pagos pelo contribuinte.”

O guia pode ser consultado no site da FFLCH, no qual estão listados os assuntos que podem ser pesquisados e seus respectivos autores, com as siglas dos departamentos em que atuam, bastando clicar sobre cada item para abrir o arquivo em PDF correspondente.

Da Assessoria de Imprensa da USP

Mais informações: (11) 3091-4938, e-mail comunicacaofflch@usp.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados