Fuvest divulga convocados para programas de residência em saúde da USP

Programas têm carga horária total mínima de 5.760 horas de atividades teóricas e práticas, que devem ser cursadas em regime de dedicação exclusiva

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Os candidatos que participaram do processo seletivo para o preenchimento das vagas dos Programas de Residência em Área Profissional da Saúde da USP, nas modalidades uni e multiprofissional para o período letivo de 2017-2019, em conformidade com as exigências das Portarias Conjuntas do Ministério da Saúde (MS) e do Ministério da Educação (MEC) e com as deliberações da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS), já podem consultar as listas de classificados no site da Fuvest.

Os aprovados farão um curso de especialização planejado para oferecer ensino em serviço, com carga horária de 60 horas semanais, incluindo plantão, e duração mínima de dois ou três anos, em obediência à Portaria  Interministerial nº 1.077, de 12.11.2009.

Os Programas de Residência da USP têm carga horária total mínima de 5.760 horas de atividades teóricas e práticas, que devem ser cursadas em regime de dedicação exclusiva, isto é, não é permitido desenvolver outras atividades profissionais no período de sua realização.

Os candidatos selecionados para cada programa farão matrícula segundo um calendário que deverá ser consultado junto à Comissão de Cultura e Extensão Universitária da respectiva unidade da USP.

No ato da matrícula, os candidatos aprovados deverão apresentar os seguintes documentos originais (para conferência) e suas cópias simples, impressas frente e verso, se for o caso: Diploma de Curso de Graduação (Bacharelado) reconhecido pelo MEC ou Certificado de Conclusão de Curso (Bacharelado); Histórico Escolar do Curso de Graduação (Bacharelado); Registro no respectivo Conselho de Classe/SP, sempre que for aplicável; Documento de Identidade; CPF; Título de Eleitor com comprovante de votação na última eleição; Carteira de Vacinação atualizada com esquema de vacinação: dupla adulto, hepatite B, tríplice viral e varicela; comprovante de inscrição no INSS, no PIS ou NIT; cartão do SUS; duas fotografias 3×4 recentes; Certificado de Reservista (candidato do sexo masculino). Os candidatos estrangeiros deverão apresentar visto que lhes permita cursar a Residência.

Ocorrendo ausência ou desistência da matrícula, a Comissão de Cultura e Extensão Universitária da respectiva unidade da USP convocará o próximo candidato da lista.

Os Programas de Residência terão início no primeiro dia útil de março de 2017. O candidato matriculado que não comparecer nessa data nem justificar sua falta no prazo de três dias úteis será considerado desistente.

O local de comparecimento para início do programa será informado por e-mail ao matriculado, e também divulgado no site da Comissão de Cultura e Extensão da respectiva unidade.

Em caso de desistência, desligamento ou abandono do programa por residente do primeiro ano, a vaga poderá ser preenchida até 30 dias após o início das atividades, observando-se a ordem de classificação.

Da Assessoria de Comunicação da Fuvest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados