USP São Carlos tem curso para instalar e projetar sistemas de energia solar

Engenheiros, arquitetos, técnicos e estudantes e outros interessados podem participar; inscrições abertas

Por - Editorias: Extensão - URL Curta: jornal.usp.br/?p=167022
  • 204
  •  
  •  
  •  
  •  
De 2016 a 2017 sistemas de energia solar em residências mais que dobraram no Brasil – Foto: Divulgação / SEL – EESC

.
O número de sistemas de energia solar instalados em residências passou de 7 mil unidades em 2016 para 16 mil em 2017. O aumento maior do que 100% se deve, principalmente, pela diminuição do custo dos painéis fotovoltaicos, aqueles que transformam a luz do sol em energia elétrica. Além disso, linhas de financiamento oferecidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) têm ajudado pessoas físicas e jurídicas a investirem na instalação dos sistemas fotovoltaicos.

Diante do cenário propício a adesão desse tipo de tecnologia e a grande demanda em setores específicos da área, o Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação (SEL), da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, oferecerá dois cursos no mês de junho. Eles irão fornecer aos profissionais de diversos setores conhecimentos sobre energia solar fotovoltaica, além de prepará-los para instalar os painéis que compõem os sistemas. As inscrições já estão abertas.

O primeiro curso é o Introdução a Sistemas Fotovoltaicos, Dimensionamento e Instalação, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de junho. Os participantes irão aprender o dimensionamento básico do sistema fotovoltaico; a leitura de mapas solarimétricos, que mostram a incidência de radiação em diferentes países; os procedimentos de instalação dos painéis fotovoltaicos, a ligação do sistema no quadro de força, os passos para a configuração na central de monitoramento e até mesmo as etapas para solicitar conexão à concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica.

Podem participar engenheiros, arquitetos, estudantes, técnicos, empreendedores e qualquer outra pessoa interessada em investir no ramo. O valor da inscrição é de R$ 500,00, à vista. Também pode ser pago em duas vezes de R$ 300,00 ou em três vezes de R$ 200,00.

Participantes irão aprender os procedimentos de instalação dos painéis fotovoltaicos – Foto: Divulgação / SEL – EESC

.
Voltado a profissionais específicos do ramo de engenharia elétrica, o segundo curso é o Dimensionamento Avançado de Sistemas Fotovoltaicos Usando PVsyst, que ocorrerá no dia 17 de junho. Nele, os interessados aprenderão a projetar sistemas fotovoltaicos em 3D com a utilização do software PVsyst (versão demo), que pode ser baixado neste link.

No programa de computador, os participantes irão trabalhar sombreamento, projeção em telhados, lajes, estacionamentos, além de estudarem a viabilidade financeira do sistema proposto. Para participar desse curso, o valor da inscrição é de R$ R$ 400,00, à vista, mas também pode ser pago em duas vezes de R$ 250,00 ou então em três vezes de R$ 166,70. É preciso que o aluno traga seu notebook com o software instalado, de preferência, a última versão.

Cada curso conta com 60 vagas disponíveis e as aulas serão ministradas no Anfiteatro Armando Toshio Natsume do SEL pelos professores Elmer Cari e Ricardo Machado, ambos do departamento, além do mestrando em engenharia elétrica da EESC, Francisco Lemes.

O Brasil tem um potencial solar fabuloso e o governo tem incentivado, por meio de leis, a inclusão desta forma de energia no sistema elétrico, facilitando a aprovação por parte das concessionárias. Contudo, a porcentagem desse tipo de energia na matriz energética ainda é pequena, o que incentiva a necessidade de profissionais capacitados na área, explica Elmer

.
Aprendendo na prática

Os participantes poderão acompanhar na prática os conteúdos ministrados, isso porque o professor Elmer coordenou o projeto que levou à instalação do primeiro sistema fotovoltaico da USP, em São Carlos, localizado na cobertura de um dos prédios do SEL e que será utilizado como demonstrativo aos alunos.

O equipamento levou três semanas para ser instalado, possui uma potência de 3.100 Watts e produz uma energia mensal de 486kW-h, mesma quantidade de energia consumida, em média, durante um mês por uma residência com cinco moradores.

Professor Elmer (à esquerda) e Francisco estão entre os ministrantes dos cursos – Foto: Divulgação / SEL – EESC

.
O sistema é composto por 12 painéis fotovoltaicos que recebem até 270 watts de potência cada um. Eles são ligados a dois circuitos e um inversor – dispositivo que transforma a energia produzida a partir do sol em energia alternada, aquela encontrada na rede elétrica. São duas entradas de energia disponíveis no inversor para que se obtenha o máximo desempenho.

A central de monitoramento do sistema está localizada no Laboratório de Análise Computacional em Sistemas Elétricos (LACOSEP) do departamento. Lá, é possível acompanhar a potência dos painéis e quanto está sendo produzido de energia, tudo em tempo real. O sistema projetado pelo professor Elmer faz parte de sua pesquisa relacionada à estimação de parâmetros e previsão de potência em usinas fotovoltaicas. No trabalho, o cientista busca prever o comportamento do sistema fotovoltaico para representá-lo de forma adequada em softwares utilizados dentro das usinas.

Primeiro sistema fotovoltaico da USP São Carlos foi instalado no SEL – Foto: Divulgação / SEL – EESC

.
Simultaneamente, o docente coordena o estudo “Projeto de Instalação e viabilidade econômica de sistemas fotovoltaicos nas áreas I e II da USP em São Carlos”. A pesquisa trata de localizar os melhores pontos para a instalação de sistemas fotovoltaicos, dimensioná-los utilizando o software PVsyst, obter um orçamento completo do projeto e realizar um estudo de retorno do investimento considerando, inclusive, a manutenção.

Mais informações: (16) 3373-9337, e-mail cursosolarusp@gmail.com, site dos cursos www.sel.eesc.usp.br/cursosolar/

Da Assessoria de Comunicação do SEL
.

  • 204
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados