Estudo de psicologia quer ajudar pais de jovens com anorexia

O projeto de doutorado busca desenvolver um protocolo de psicoterapia destinado a essas pessoas

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Pais de meninos e meninas de 10 a 17 anos com anorexia nervosa podem procurar o Instituto de Psicologia (IP) da USP e participar de uma pesquisa.

O objetivo do estudo de doutorado é desenvolver e avaliar a eficácia de um protocolo de intervenção psicológica destinada a esses pais e mães. O tratamento é gratuito.

Alguns dos comportamentos que ajudam a identificar o problema nos filhos é perda de peso rápida, preocupação intensa com o corpo e com a alimentação e medo de alimentos considerados calóricos.

O tratamento vai trabalhar habilidades socioemocionais e educativas nos responsáveis por jovens com anorexia nervosa.

O estudo é do pós-graduando Felipe Alckmin Carvalho, especialista em transtornos alimentares pela USP, e tem a orientação da professora Márcia Helena da Silva Melo.

Mais informações: (11) 96662-1437, e-mail felipealckminc@gmail.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados