Estudantes podem enviar projetos de ciência para feira da USP até dia 30

Podem participar alunos matriculados no 8º ou 9º ano do ensino fundamental, no ensino médio ou técnico

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn160Print this pageEmail
A Febrace é promovida pela Escola Politécnica da USP – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

.
A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, abre inscrições para a 16ª edição da mostra de projetos, maior evento do gênero no País. Os projetos podem ser submetidos até o dia 30 de outubro pelo site.

Podem participar estudantes matriculados no 8º ou 9º ano do ensino fundamental, no ensino médio ou técnico de instituições públicas e privadas de todo o Brasil. Os estudantes devem ter no máximo 20 anos. Os projetos podem ser individuais ou em grupos de até três pessoas, com a participação obrigatória de um professor orientador, e devem enquadrar-se nas áreas das Ciências (Exatas, da Terra, Biológicas, da Saúde, Agrárias, Sociais e Humanas) e Engenharia.

.
Seleção e premiação

Nessa primeira etapa de seleção, aproximadamente 150 professores da USP e de universidades parceiras avaliam os projetos e escolhem cerca de 300 finalistas para participarem da mostra, em março, no campus da USP em São Paulo. Os critérios utilizados são: criatividade e inovação; conhecimento científico do problema; maneira como foram levantados os dados e conduzido o projeto; profundidade da pesquisa e clareza de apresentação na documentação do projeto.

Durante a mostra, os estudantes são avaliados por um corpo de 300 professores mestres e doutores, que identificam os primeiros, segundos e terceiros lugares de cada categoria – estes são contemplados com troféus, medalhas e certificados. Diversas instituições públicas e privadas também oferecem prêmios, como estágios, bolsas de estudo, equipamentos eletrônicos, visitas técnicas e credenciais para participação em outras feiras nacionais e internacionais.

O grande destaque fica para o prêmio da Intel Foundation, que oferece credencial e estadia para os estudantes de nove projetos selecionados representarem o Brasil na maior feira pré-universitária do mundo: a Intel ISEF (Internacional Science and Engineering Fair), que em 2018 acontecerá no mês de maio, em Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos.

Estímulo à cultura científica

A Febrace é promovida pela Escola Politécnica da USP por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI), fundado pelo professor João Antônio Zuffo, em 1975. Pioneiro em desenvolvimento de tecnologia no Brasil, o Laboratório atua nos mais diversos segmentos, como microeletrônica, realidade virtual, saúde digital e tecnologia para a educação, entre outras áreas de pesquisa e desenvolvimento.

O principal objetivo da Febrace é estimular novas vocações em Ciências e Engenharia e induzir práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. A feira envolve, a cada ano, mais estudantes e professores no desenvolvimento de projetos investigativos. Na última edição, em março de 2017, foram mais de 62 mil estudantes de 27 Unidades Federadas do Brasil.

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn160Print this pageEmail

Textos relacionados