Estudantes da USP participam de desafio mundial de segurança alimentar

Equipe aposta nos sistemas agroflorestais como alternativa para alimentar 9 bilhões de pessoas até 2050

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

.

Equipes formadas por estudantes da USP participam da iniciativa internacional Thought For Food. A ação tem como proposta encontrar soluções junto a equipes de jovens de todo o mundo que sejam viáveis e aplicáveis e ajudem no desafio de produzir alimento para 9 bilhões de pessoas até 2050.

Alunos de graduação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP formam o time “Food Forests”, que se apoia nos Sistemas Agro Florestais (SAFs), por acreditar que podem ajudar na recuperação de áreas degradadas, e contribuir, ao mesmo tempo, para a produção de comida, absorção de carbono, aumento da biodiversidade e ajudar na restauração e conservação de florestas, vencendo o falso dilema entre produzir ou conservar.

20170104_Food_Forests
Estudantes da equipe Food Forests – Foto: Divulgação

O time da Food Forests é composto pelos alunos Lucas Augusto Abra Vieira (6º ano de Engenharia Florestal – Esalq/USP), Arnaldo Marques (3º ano de Engenharia Florestal – Esalq/USP), João Victor Bertolo (5º ano de Engenharia Florestal – Esalq/USP), Gabriela Dolenc (5º ano de Biologia – Esalq/USP) e Gleysson Roberto (biólogo e Mestre em Desenvolvimento Sustentável pela UFLA) aposta na interdisciplinaridade para gerar sua proposta, pautada nos SAFs afim de melhorar a produção de alimentos e o crescimento das florestas em áreas degradadas.

 

Participantes do KYA, formado por alunos da Esalq e da EACH - Foto: Divulgação
Participantes do KYA, formado por alunos da Esalq e da EACH – Foto: Divulgação

Outro time formado por alunos da USP é o KYA. De origem tupi-guarani, kya significa rede, e o objetivo do projeto é catalisar uma rede de de dados abertos na agricultura, com foco na produção local e sustentável, tendo a cidade de Piracicaba, onde localiza-se a Esalq, como modelo. As questões que movem o grupo giram em torno da criação de um ecossistema de dados global e comum para a agricultura e ecologia que possa ser utilizado por diversos atores interessados, desde pequenos agricultores, passando por startups e até conglomerados multinacionais. Como tornar o intercâmbio de dados sobre agricultura sustentável tão natural como a infra-estrutura rodoviária de uma cidade para outra e de regiões para regiões é um dos principais carros-chefe do projeto.

Participam do time Bruna Almeida, (4º ano de Ciências Biológicas), Diogo Costa, (3º ano de Gestão Ambiental), Douglas Macedo (6º ano de Engenharia Agronômica) e Lucas Oste (6º ano de Gestão Ambiental), todos estudantes da Esalq. Para complementar a equipe, o estudante recém-formado Bruno Trivelatto, do curso de Sistemas de Informação, da EACH, vem acrescentar sua experiência na criação de sistemas e aplicativos móveis.

Leia mais em Aluna da USP é embaixadora de desafio mundial de segurança alimentar

O Thought For Food lança um período de inscrições de membros que se juntam em times pelo mundo todo. Após a formação das equipes, o site do projeto oferece uma plataforma de design thinking para partir de um problema, gerando uma ideia e chegando a um produto final, uma solução.

Em 2014, a equipe Rooty Roofs, também composta por alunos da USP, foi uma das dez classificadas para o final da competição ao proporem a produção de alimentos nas cidades através do uso integrado do topo ocioso dos prédios.

A entrega dos projetos finais acontecerá no próximo dia 8 de janeiro e os melhores projetos são levados ao Global Summit da iniciativa, que avaliará as propostas e, além disso, oferecerá um ambiente de compartilhamento de ideias e vivência entre os participantes. O evento ocorrerá entre os dias 24 e 27 de maio de 2017, em Amsterdam.

Com informações de Caio Albuquerque, da Divisão de Comunicação da Esalq.
e Bruna Almeida, da KYA

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados