Em parceria com a Boeing, Escola Politécnica recruta voluntários para testes de conforto em voos

Nas simulações, serão feitas avaliações da sensações de conforto dos passageiros em relação a diversas variáveis como o barulho e a temperatura do ar condicionado

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Atualizado em 24 de agosto de 2016, a idade mínima dos voluntários foi alterada de 18 para 20 anos.

O Centro de Engenharia de Conforto (CEC) da Escola Politécnica (Poli) da USP está recrutando voluntários para testes de conforto de passageiros em viagens de avião. Os participantes embarcarão em simulações de voo para avaliar condições de conforto. Os testes serão realizados no início de setembro, em São Paulo. Os interessados devem enviar email para conforto@usp.br para obter mais informações. É necessário ter idade acima de 20 anos, experiência mínima de três voos anteriores e boas condições de saúde.

As simulações serão feitas em uma réplica de cabine com 30 assentos, instalada dentro de uma câmara de pressão. A ambientação inclui até espera em sala de embarque e serviço de bordo feito por um comissário profissional. Cada voluntário passará por uma bateria de testes, intercalados por aplicação de questionários e as condições de conforto serão monitoradas por uma central de controle anexa à cabine.

Os resultados serão usados para melhorar o conforto de novos modelos de aeronaves da Boeing – uma das maiores fabricantes de aviões do mundo.

Da Acadêmica Agência de Comunicação

Mais informações: email conforto@usp.br

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados