Curso de blockchain pretende explorar potencial da tecnologia

De 4 de junho a 13 de julho, atividade na Escola Politécnica da USP contará com aulas práticas; inscrições abertas

  • 43
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: portal gda via Flickr – CC

.

De 4 de junho a 13 de julho, um curso de difusão na Escola Politécnica (Poli) da USP, em São Paulo, apresentará técnicas e ferramentas do sistema blockchain, a tecnologia por trás da moeda virtual bitcoin. O conceito da tecnologia é ser uma cadeia de dados para validar uma transação ou registro, conferindo mais segurança em negócios digitais.

Chamado de Blockchain Developer, o curso é organizado pelo Grupo de Aplicações das Tecnologias Blockchain, que realiza atividades incorporado ao Núcleo de Pesquisa em Biodiversidade e Computação (Biocomp) da USP, coordenado pelo professor Antonio Mauro Saraiva.

Dentre as atividades práticas estão três laboratórios: de aplicação, no qual serão implantadas questões referentes às áreas econômicas, como agropecuária, educação, logística, química, entre outras; laboratório de criptomoedas, para os alunos criarem suas suas próprias moedas; e o laboratório de startup para desenvolver soluções com potencial comercial.

Voltado a estudantes e profissionais que compreendem linguagens de programação, o curso possui 84 horas de duração, distribuídas de segunda a quinta-feira, com o horário das 19h30 às 22h30. As aulas serão realizadas na Poli, localizada na Av. Prof. Luciano Gualberto, 38, campus Cidade Universitária, no bairro Butantã, São Paulo.

Com limitação de 30 vagas, é necessária a inscrição para participar do projeto, que tem como investimento o valor de R$ 3.820,00. 

Mais Informações: site http://www.biocomp.org.br/blockchain/developer, e-mail cartolano@usp.br

Com informações da Agência USP de Notícias

.

 

  • 43
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados