Professor da Esalq será homenageado com medalha João Pedro Cardoso

Paulo Yoshio Kageyama será homenageado in memoriam; distinção é dedicada a personalidades que contribuíram para a educação, a preservação e a recuperação ambiental do estado de São Paulo

Por - Editorias: Comunidade USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Falecido no dia 17 de maio, o professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP em Piracicaba, Paulo Yoshio Kageyama, será homenageado (in memoriam) com a medalha João Pedro Cardoso.

Paulo_Yoshio_Kageyama
Professor Paulo Yoshio Kageyama – Foto: Gerhard Waller

A medalha foi criada em 2002 pelo o governo estadual para homenagear personalidades que contribuem para a educação, a preservação e a recuperação ambiental de São Paulo. Essa distinção é conferida, tradicionalmente, no Dia do Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho.

Os homenageados de 2016 receberão a honraria no Jardim Botânico de São Paulo, no domingo, dia 5 de junho, em cerimônia que marcará o Dia Mundial do Meio Ambiente e os 30 anos da criação da Secretaria do Meio Ambiente.

Além de Kageyama, serão homenageados João Carlos Meirelles, Paulo Passos, Caroline Vigo, Branca da Cruz e Paulina Chamorro.

Paulo Yoshio Kageyama faleceu no dia 17 de maio, aos 70 anos. Nascido em 3 de dezembro de 1945, em Santo Anastácio, em São Paulo, era graduado em Engenharia Agronômica pela USP (1969) e ingressou para lecionar na Esalq em 1977.

Obteve o título de mestre pela USP (1977), doutor em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) pela USP (1980) e pós-doutor pela North Carolina State University (1991). Foi diretor de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente (2003-2007). Era professor titular da USP; representante Titular do Ministério do Desenvolvimento Agrário na Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio.

Também figurava, desde 1988, como membro do grupo de experts da FAO/Roma – para Conservação Genética. Tinha experiência na área de Genética e Conservação, com ênfase em Genética de Espécies Arbóreas, atuando principalmente com Conservação de Ecossistemas Tropicais, Restauração de Áreas Degradadas, Sementes Florestais, Variabilidade e Estrutura Genética, assim como Agrobiodiversidade e Agricultura Familiar.

Assessoria de Comunicação da Esalq, com informações do Sistema Ambiental Paulista

Mais informações: (19) 3429-4477/ 3429-4109/ 3429-4485

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados