Pró-Reitoria de Graduação libera recursos e lança editais de apoio ao ensino

Ações voltadas para estudantes da USP focam na qualidade do ensino; projetos incluem bolsas para licenciatura

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ano letivo na USP começou no final de fevereiro e trouxe muitas novidades para os alunos da Universidade. A nova gestão da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da USP 2018-2019 lançou editais e informações sobre programas que apoiam e investem nas atividades didáticas dos graduandos.

Um exemplo é o Programa de Estímulo de Viagens Didáticas que receberá, somente neste semestre, mais de R$ 2 milhões em investimentos. É o programa de maior impacto orçamentário da PRG, no qual as unidades solicitam verba para a realização de aulas e trabalhos de campo.

Parte das unidades de ensino, tanto da capital como do interior, desenvolvem atividades didáticas de graduação fora de seu campus. As viagens fazem parte do projeto pedagógico do curso de graduação e servem como recurso didático importante para facilitar o processo de aprendizagem e aprimorar a formação profissional do estudante – contribuindo, por exemplo, para o desenvolvimento do raciocínio lógico e da capacidade de observação e para a integração do conhecimento, além da interação entre estudantes e professores.

“Garantir a excelência e a qualidade no ensino na formação integral dos estudantes inclui investimentos em apoio às unidades e programas da própria PRG”, disse o novo pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat, que, com a pró-reitora adjunta Maria Vitória Lopes Badra Bentley, terá um mandato de dois anos à frente do órgão.

Programa de Estímulo ao Ensino de Graduação

Ainda na graduação, os estudantes da USP podem ter a experiência de serem professores e ainda receberem uma bolsa. O Programa de Estímulo ao Ensino de Graduação (PEEG) incentiva alunos com mérito acadêmico a aperfeiçoarem os estudos em uma disciplina pela qual tenham interesse, por meio do desenvolvimento de atividades supervisionadas de ensino (denominadas normalmente como monitoria).

Ou seja, o aluno-monitor atua como colaborador do professor de uma disciplina que já cursou, auxiliando diretamente uma turma ou um conjunto de turmas nessa disciplina.

No edital do primeiro semestre de 2018, foram oferecidas 450 bolsas, no valor de R$ 1.600,00, em quatro parcelas correspondentes aos meses de colaboração (R$ 400,00 mensais).

Programa de Formação de Professores

Para estimular a formação de novos professores para a rede básica de ensino e aperfeiçoar a formação dos alunos de cursos de licenciatura da USP, a PRG possui o Programa de Formação de Professores (PFP).

São oferecidas bolsas para que os estudantes de pós-graduação (mestrado e doutorado) de cursos de licenciatura realizem estágios em escolas de ensino fundamental e médio, preferencialmente de instituições públicas. No edital 2018, que corresponde ao período de abril a dezembro, a PRG concedeu 50 bolsas no valor de R$ 1.400,00 cada.

Disciplinas da PRG

No primeiro semestre deste ano, mais de três mil alunos da Universidade se matricularam das duas disciplinas oferecidas pela Pró-Reitoria de Graduação. A Esporte da Graduação I insere a prática esportiva na grade curricular dos estudantes sem exigir pré-requisitos e busca promover a atividade física no âmbito universitário, diversificando a formação acadêmico-profissional dos alunos e estimulando a sua integração.

Já a disciplina Tópicos de Pesquisas nas Ciências Contemporâneas tem como proposta oferecer uma visão panorâmica e interdisciplinar das ciências contemporâneas, a partir da qual os alunos deverão desenvolver repertórios de leitura e redação de textos de divulgação científica.

Congresso de Graduação

A PRG já definiu a data e o local do Congresso de Graduação 2018: será nos dias 3, 4 e 5 de julho no Centro de Difusão Internacional (CDI), localizado na Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 310, no campus Cidade Universitária, em São Paulo.

O evento é um espaço de interação entre professores, pós-doutores e pós-graduandos, tanto da USP como de outras instituições. Nele, docentes compartilham suas experiências de sala de aula e entram em contato com inovações pedagógicas na graduação, além de debaterem questões relacionadas à melhoria do ensino.

Escritórios

Os Escritórios de Desenvolvimento de Carreiras e de Atividades Esportivas da Pró-Reitoria de Graduação foram ampliados e deverão ter representantes dos diferentes campi da USP.

O primeiro trata de um centro de serviços de apoio à carreira, que oferece aconselhamento, palestras e oficinas sobre carreiras e mercado de trabalho, e orientação sobre questões como elaboração de currículo e preparação para entrevistas. O objetivo é contribuir com o desenvolvimento e planejamento profissional dos estudantes. A iniciativa é coordenada pela professora Tania Casado.

Já o segundo foi criado com a incumbência de realizar ações que tenham a atividade física e o esporte como agentes de formação dos estudantes, bem como uma ferramenta de qualificação do ensino de graduação. Ele é coordenado pelos professores Júlio Serrão e Emílio Miranda.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados