Com festival “mão na massa”, Febrace espera receber 14 mil visitantes

15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia começa na próxima terça-feira (21)

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Harry Campbell_interior icons1
Proposta da feira é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica – Harry Campbell – Interior Icons – Ilustração: Facebook do artista

.
De curativos feitos com carapaça de camarão a uma fábrica caseira de sabão. De um adoçante à base de batata à uma rampa móvel para cadeirantes. Estes e diversos outros trabalhos criativos e inovadores são parte da
15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). O tradicional evento é a maior feira de ciências pré-universitária do Brasil e ocorrerá de 21 a 23 de março na tenda de eventos da Escola Politécnica (Poli) da USP.

Para esta edição 2,1 mil foram projetos submetidos por estudantes ou através das 26 feiras de ciências afiliadas à Febrace. A maioria dos finalistas vem de escolas públicas (194), seguida de instituições privadas (67) e fundações (22).

Os estudantes melhor avaliados ganharão troféus, medalhas, bolsas e estágios, num total aproximado de 300 prêmios. Também concorrerão a 70 bolsas de iniciação científica júnior do CNPq e a uma das vagas para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que será realizada em maio, em Los Angeles (EUA).

Saúde e sustentabilidade

Na feira deste ano destaca-se neste ano o alto número de criações ligadas a sustentabilidade e saúde. Dos 346 projetos selecionadas para a feira, 101 procuram apresentar soluções sustentáveis para problemas diversos enquanto outros 80 lidam com questões de saúde e limitações físicas

O arsenal de combate ao mosquito Aedes Aegiptyi, por exemplo, ganha novos recursos com as invenções dos jovens cientistas. O visitante da Febrace terá a oportunidade de descobrir na feira um detector de larvas do mosquito, um gel para pratos de vasos e até mesmo um amaciante de roupas que repele insetos.

Foto: Cecilia Bastos
Alunos apresentam projetos na edição 2016 da feira – Foto: Cecilia Bastos

Com a mão na massa

Este ano a Febrace também abrigará a primeira edição do Festival de Invenção e Criatividade (FIC). Inspirado pelo movimento “maker” e pela cultura do DIY (Do It Yourself, ou faça você mesmo), o FIC oferecerá oficinas, cursos e palestras para disseminar a ideia de que o aprendizado pode se dar no fazer, na manipulação e no desenvolvimento de objetos a partir dos mais variados materiais – seja papel, papelão e madeira ou mesmo impressoras 3D, cortadoras a laser e materiais de robótica.

Embora as oficinas já estejam com as inscrições encerradas, ainda é possível entrar na fila de espera. Já a mesa redonda sobre “aprendizagem mão na massa” e a mostra interativa podem ser visitadas sem inscrição prévia.

A programação completa pode ser encontrada no site próprio do FIC.

Participe

A mostra pública de projetos da 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia será realizada entre 21 a 23 de março, e aberta ao público em geral das 14 às 19 horas, em uma tenda instalada no
estacionamento da Escola Politécnica da USP, localizada na Av. Prof. Luciano Gualberto, nº 3,
travessa 3, Cidade Universitária, em São Paulo. A entrada é franca.

Mais informações: site www.febrace.org.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados