Alunos fazem vaquinha para ir a evento de computação social nos EUA

Tecs é um grupo focado no impacto social da computação e da tecnologia e quer representar o Brasil em Chicago

Por - Editorias: Universidade
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Imagem: Divulgação

.
Formado por alunos da USP, o Tecs é um grupo de extensão focado no impacto social da computação e da tecnologia. Eles foram convidados a participar de um evento nos Estados Unidos, no próximo mês, que reunirá várias organizações semelhantes e, para isso, criaram uma campanha de crowdfunding. A meta é arrecadar R$ 10 mil para cobrir custos com passagens aéreas e outros gastos.

O Tecs faz parte do TechShift, uma aliança global de universitários dedicados a usar e pensar a tecnologia para a melhoria do bem-estar social, construindo um futuro tecnológico mais justo para todos e todas. Desta aliança fazem parte universidades como Stanford, UChicago, Princeton, Brown e a USP, a única latino-americana até o momento.

Foi o TechShift quem convidou o grupo para participar do evento CS 90SI – Using Web Technologies To Change The World, na Universidade de Chicago, entre os dias 13 a 15 de janeiro. Lá, eles terão contato com organizações que atuam em universidades americanas e mundo afora e poderão discutir formas de ampliar a atuação na USP e na comunidade local.

A ideia também é avaliar maneiras junto aos outros grupos e ao Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística (IME) de como melhorar a disciplina Atividade Curricular em Comunidade, possivelmente adaptando o currículo da disciplina semelhante oferecida em Stanford.

“Acreditamos que a participação nesse evento será de grande importância, pois condiz com uma ótima oportunidade de levar a USP até o centro de discussões sobre impacto da tecnologia na sociedade, representando a Universidade junto a outras instituições de ensino renomadas, como Stanford, Princeton e UChicago”, afirma o grupo.

O Tecs é constituído de três frentes de desenvolvimento — educação, ética e serviços. Elas visam, respectivamente, a promover a educação tecnológica igualitária da população por meio de cursos, oficinas e ações promovidas pelo grupo; unir esforços para formar uma sociedade e profissionais éticos e conscientes sobre o uso da tecnologia; e estimular alunos a usarem a tecnologia para solucionar problemas da comunidade local.

Mais informações: lucas.moreira.santos@usp.br e https://facebook.com/tecs.usp

.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados