“Manhã com Bach” traz cantata com “Jesus, Alegria dos Homens”

Programa apresenta também a “Sonata em Sol Menor para Viola da Gamba e Cravo” (BWV 1029)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Parte 1

Parte 2

A cantata Herz und Mund und Tat und Leben, “Coração e Boca e Ações e Vida” (BWV 147), e a Sonata em Sol Menor para Viola da Gamba e Cravo (BWV 1029) foram as duas obras de Johann Sebastian Bach apresentadas no programa Manhã com Bach, transmitido nos dias 30 de setembro e 1º de outubro de 2017 pela Rádio USP (FM 93,7 MHz).

É da cantata Herz und Mund und Tat und Leben que faz parte o famoso coral “Jesus bleibt meine Freud” (“Jesus permanece minha alegria”), conhecido no Brasil como “Jesus, alegria dos homens”. Esse coral corresponde ao décimo e último movimento da cantata, que repete a melodia do sexto movimento.

Apresentada em 2 de julho de 1723, em Leipzig, a cantata foi interpretada em Manhã com Bach pela Orquestra Barroca de Amsterdan e Coro, sob a regência de Ton Koopman.

Com relação à Sonata em Sol Menor para Viola da Gamba e Cravo (BWV 1029), ela é uma das três obras preservadas de Bach com essa combinação – viola da gamba e cravo. Essas três composições parecem ter sido criadas por volta de 1720, na corte de Köthen, para ser tocadas pelo príncipe Leopold von Anhalt-Köthen, que dominava o instrumento. Depois elas foram revistas por Bach em Leipzig, para ser apresentadas nos concertos do Collegium Musicum, uma associação de amantes da música que Bach dirigiu na década de 1730.

Como afirma o musicólogo austríaco Karl Geiringer, o som delicado da viola da gamba – um instrumento muito popular na Renascença e no Barroco – era particularmente adequado para combinar-se com o som do cravo.

Geiringer afirma que a execução da Sonata em Sol Menor para Viola da Gamba e Cravo requer uma notável técnica. Segundo Geiringer, “apesar de todo o seu brilho, a sonata possui um flagrante caráter intelectual. O último movimento, sobretudo, exibe elaborações complexas, intrincadas, do material temático”.

No programa, a Sonata em Sol Menor para Viola da Gamba e Cravo (BWV 1029) foi interpretada pelos italianos Vittorio Ghielmi, na viola da gamba, e Lorenzo Ghielmi, no cravo.

 

 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados