“Manhã com Bach” traz o Oratório da Ascensão e uma das primeiras obras de Bach

Datado de 1703, o prelúdio coral “Christ lag in Todes Banden” foi composto em Arnstadt, cidade onde o compositor alemão conseguiu seu primeiro emprego como músico

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Em 1703, Johann Sebastian Bach (1685-1750) conseguiu seu primeiro emprego como músico profissional. Naquele ano, ele assumiu o cargo de organista da Neue Kirche (Igreja Nova), na cidade de Arnstadt, na Turíngia, no leste da Alemanha. Ali ele permaneceu até 1707, quando se transferiu para a cidade de Mülhausen. Nos quatro anos em que atuou em Arnstadt, a serviço da igreja da cidade, Bach compôs principalmente obras para órgão, a fim de servirem ao culto religioso. Uma dessas obras é o prelúdio coral Christ lag in Todes Banden, “Cristo jazia em ataduras de morte” (BWV 718), uma das primeiras composições de Bach, datada de 1703.

Essa obra foi apresentada em Manhã com Bach nos dias 22 e 23 de outubro de 2016, que exibiu também a Partita nº 5 em Sol Maior (BWV 829) e o oratório Lobet Gott in seinen Reichen, “Louvai a Deus em seus reinos”, conhecido como Oratório da Ascensão (BWV 11).

Oratório é um gênero musical em que há a narração de uma história. Datado de 1735, o oratório Lobet Gott in seinen Reichen narra a ascensão de Jesus Cristo aos céus, depois de ter sido crucificado e ter ressuscitado, conforme está registrado no livro de Atos dos Apóstolos, no Novo Testamento.

O programa Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet.

Ouça a seguir a íntegra do programa:

Bloco 1

logo_radiousp790px

Clique aqui para fazer download

Bloco 2

logo_radiousp790px

Clique aqui para fazer download

Bloco 3

logo_radiousp790px

Clique aqui para fazer download

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados